terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Por falar em cães

Ivar Hartmann


Não, leitor, não. Não vou escrever sobre política e políticos brasileiros, porque com a leva cujos nomes estão com o Procurador e mais a leva que o Eike vai nominar depois de ficar um tempinho assustado no presídio, tudo que se escrevesse agora seria matéria ultrapassada mês que vem. Além do mais os noticiários diários são desgastantes que, sempre que possível, melhor é falar de outros aspectos de nossa vida. Então - como dizem os catarinenses ao começar uma frase – vamos adiante. Dia destes dias fui ao cinema ver um filme chamado “Quatro Vidas de Um Cachorro.” Filme americano que vocês já sabem o final. Tão desparafusado quanto estes caça-níqueis de super-heróis e guerras estelares, monstros alienígenas e outros. Mero passatempo. Mas, passar o tempo com alegria, nestes tempos que vivemos, é uma dádiva. Trata da vida de um cão que teve quatro vidas (afora alguma futura se o filme vender bem...) e nestas vidas, passadas com diferentes pessoas, em situações agradáveis ou não, o filme faz um rápido relato de como tratamos nossos animais de estimação.
Por isso vale a pena ser visto por quem tem ou gosta de cachorro. Ele morre, ou de velho ou baleado em um episódio, e, quando se dá conta, lá está ele em cada nova vida fazendo força para mamar junto com seus irmãos ou sendo dado a alguém. Naquela velha situação do bichinho bonitinho e peludinho que em um arroubo se aceita ou escolhe, mas que cresce e a criança ou adulto não estava preparado para ele. Tem uma vida em que ele após alguns meses, correndo por um pátio, para de repente e olha pra trás. Olhando por baixo de si fala para a plateia: “Opa! Desta vez não tenho nada no meio das pernas...” Direis que é um filme infantil. É. E também um filme para quem tem animal de estimação. E também para quem perdeu seu cãozinho e ficou triste. E para aqueles e aquelas que se enternecem com estas bagatelas. Porque o filme é mero entretenimento para passar algumas meias horas distraído, rindo. Mas teve gente que chorou. O leitor poderá achar que haveria muitos outros temas mais palpitantes sobre o que escrever. Não nego. Tramas descobertas dos subterrâneos do poder. De todos os Poderes porque não devemos esquecer onde estão o Toffoli e o Lewandowski. Mas já que não podemos ser como a terra que não para nunca, vamos ser como o trem que para e anda, para e anda. E parar e olhar os animais.
ivar4hartmann@gmail.com

Nem tudo que é barato é bom...



Piadinha cu de besouro

Resultado de imagem para fotos de besouros


O cara estava visitando os sobrinhos
Rolando muita bebida e comida.
De repente um dos moleques solta um
peido super fedorento,podre mesmo,
e se levanta na cara de pau, sai da sala.
Ao voltar,o tio disse:
Puta que pariu Juninho,ou você me vende
esse cu,ou me compra um nariz. 
                                    

Alô mamães!



Dentadas

" OS ARROGANTES TEM AO SEU REDOR AS PESSOAS
QUE MAIS PRECISAM DELE,NUNCA AS QUE ELE PRECISA."
                                                 CACO DENTÃO

Filosofia



Comportamento

chupadinha


*** VENDO O AMIGO DA NAMORADA CHUPANDO UM SORVETE:
*** MULHER FINA:POSSO EXPERIMENTAR?
*** MULHER COMUM:ME DÊ UM PEDAÇO.
*** MULHER VULGAR:POSSO DÁ UMA CHUPADA.
*** MULHER ESCROTA:DEIXA EU CHUPAR?NÃO VOU MORDER.

Lero de boteco

Biriteiro 1- O fim do mundo estava marcado pra 2012,
foi adiado pra 16 de fevereiro de 2016,mas continua
sem data pra acontecer.

Biriteiro 2- Tá parecendo obra pública no Brasil.



Sucesso garantido no carnaval



segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Dentadas

"Ter uma amiga gostosa é como ter uma
galinha de estimação.Cedo ou tarde você
vai acabar querendo comê-la.
                                            Caco Dentão

Se comunicando

Alô, quem ta falando?


O sentido da felicidade

BRUNO ALENCAR


Só assim mesmo para retornar de tanto tempo; necessitei forçar-me a compor essas palavras e, ainda por cima, em um tema mais que difícil. Pra mim felicidade não é apenas a ausência da tristeza, vale mais que isso. Aquela criança abre um sorriso quando vê a folha cair na cabeça do velhinho; que bom que o velhinho ri por contribuir com aquele sorriso. O rapaz fica feliz com a promoção em seu emprego, a garota fica feliz quando ele nota seus três mínimos centimetros de corte de cabelo. Há quem me disse que a felicidade não existe; nunca estamos satisfeitos, queremos sempre algo que nunca temos, admiramos algo que nunca teremos; esse prazer estampado nesse sorriso é muitas vezes resultado de benfeitoria em nós mesmos, nunca nos outros. Talvez fazer algo de coração, por mais mínimo que seja, seja um bom caminho pra começar o dia. De preferência em que quem saia mais ganhando, na verdade, seja o outro. Se for um desconhecido então… parabéns! Talvez você tenha encontrado uma felicidade diferenciada. Uma felicidade que, por mais diferente de qualquer sentimento humano moderno, está muito mais ligado à aquela criança e àquele velhinho do que você possa imaginar. Pense nisso.

Informações que vão promover a paz mundial

       Resultado de imagem para CURIOSIDADES ANIMAIS

Resultado de imagem para CURIOSIDADES ANIMAISResultado de imagem para CURIOSIDADES ANIMAIS


Resultado de imagem para CURIOSIDADES ANIMAIS

 1- As vacas se sentem ofendidas quando alguém rir perto delas.
2- O período de gestação de um tubarão fêmea é de 4 anos.
3- As pernas de um tigre são tão fortes que ele pode
permanecer em pé mesmo estando morto.
4- Galinhas sentem o cheiro de uma pessoa a uma
distância de vinte km. 

Dica

Resultado de imagem para imagens pessoas fazendo caretas

*** NÃO FAÇA CARETA,POIS, SE BATER VENTO EM SEU ROSTO,VOCÊ PODE FICAR ASSIM PARA SEMPRE.


Só moro salva o Brasil



Na praia


DODDO FELIX 


Mar! Verde mar! Leve espuma
cuja brancura encandeia!…
Já sem forças, de uma em uma,
as ondas morrem na areia.
Então nosso olhar vagueia
até muito além da bruma,
onde nasce a lua cheia
aureolada de espuma.
Os recifes de corais
formam naturais piscinas
ornadas de coqueirais.
Gaivotas cruzam a praia…
E sobre as areias finas
a branca espuma desmaia.

Dilma reaparece em alto estilo



domingo, 19 de fevereiro de 2017

O cheque itinerante


Ciduca Barros

Já falamos aqui do cinismo do homem casado quando flagrado num ato de infidelidade.  
Existe um personagem que também tem um alto teor de cinismo: o velhaco. 
O impontual, ou seja, aquela pessoa que não gosta de pagar as suas contas legalmente constituídas, é envolvente, macio, fino no trato e tem sempre uma justificativa para a sua crônica inadimplência, muitas vezes, com uma saída engraçada.
Num passado remoto, certo cidadão, um sujeito célebre por suas operações duvidosas, correntista da agência do Banco do Brasil na cidade de Caicó, deu um cheque pré-datado a um comerciante, também daquela cidade. 
Premido por problemas em seu caixa, o comerciante portador do cheque, quitando compromissos, endossou o documento para um fornecedor da sua firma, uma indústria na cidade de Natal. 
No vencimento aprazado, cadê os fundos? 
Daí o cheque fez a sua viagem de volta. 
O industrial de Natal devolveu o cheque para o comerciante de Caicó, que telefonou para o emitente.
– Companheiro, o seu cheque voltou?
– Voltou de onde? – foi a falsa reação do emitente.
– De Natal!
Neste momento, o cinismo do velhaco aflorou. 
Com uma pseudo-estupefação, bradou:
– Cacete! O que o meu cheque foi fazer lá em Natal? Aí está o problema. A minha conta bancária é aqui em Caicó, porra!

Escritor, funcionário aposentado do Banco do Brasil e colaborador do Bar de Ferreirinha

Informação importante para os aposentados

THAMMY MIRANDA E ANDRESSA ABREM
A ROTINA EM APÊ LUXUOSO.
Thammy Miranda e Andressa Ferreira (Foto: Cauê Moreno/Ed.Globo)


Será?

DIZEM QUE CU DE BÊBADO NÃO TEM DONO.
MAS ESSE AÍ TÁ BEM GUARDADO.
Dizem que c...de bêbado não tem dono...

Pergunta e resposta fela da puta

***POR QUE HITLER ODIAVA OS JUDEUS?

***PORQUE NÃO CONHECIA OS FLAMENGUISTAS. 

Sacou?

dete


Ratinho tarado

Juju, um rato com seu insanável desejo de trepar.
Resultado de imagem para fotos de ratos gigantes

De acordo com os especialista, Juju tem mais de 100 anos e é pai de estimadamente 589.800 filhotes de ratos. Com isso, ele praticamente reconstruiu a população de sua espécie sozinho na região do Seridó.Para Everaldo dos Santos, especialista em preservação de ratos ele é um reprodutor macho muito ativo. Ele (Juju) contribuiu muito na repopulamento da região.O rato louco por sexo é um Chellynon, uma espécie encontrada apenas no Seridó. Cerca de 90 anos atrás restavam apenas ele e uma dúzia de fêmeas da espécie na região.

Dica



Cerejas

Renata Pallottini

Cerejas, meu amor,
mas no teu corpo.
Que elas te percorram
por redondas.

E rolem para onde
possa eu buscá-las
lá onde a vida começa
e onde acaba

e onde todas as fomes
se concentram
no vermelho da carne
das cerejas...

Cochicho

O PRESIDENTE TEMER COCHICHANDO
COM O PRESIDENTE DO SENADO
EUNÍCIO OLIVEIRA:
Eunício vamos acabar de foder com o povo
brasileiro,aprovando logo a PEC DA PREVIDÊNCIA.
A FAMOSA PEC DO MATUZALÉM. 


sábado, 18 de fevereiro de 2017

Magão deu onda nos foliões de Natal

Multidão bincou com o Bloco do Magão, ontem em Natal
Um frevo louco invadiu ontem as ruas do bairro Petrópolis, em Natal, fazendo rodopiar milhares de foliões da capital.
O Bloco do Magão esteve lá pra mostrar como é o Carnaval de Rua de Caicó, o melhor do Rio Grande do Norte.
Famílias inteiras, crianças, adultos, jovens e idosos, juntos e misturados, fizeram o percurso de 3 quilômetros nas ruas e avenidas Deodoro da Fonseca/Manoel Dantas/Floriano Peixoto/Mossoró/Campos Sales, acompanhando o Bloco do Magão e cantando as marchinhas mais tradicionais do Carnaval.
Magão foi muito requisitado pra fotografar com a galera
Até as consideradas homofóbicas: ninguém reclamou, porque o ambiente era de festa, confraternização e frevo, muito frevo!
O prefeito Batata estava na Comissão de Frente, conduzindo a Frevioca do Magão a pé.
Quem também não resistiu aos acordes do frevo foi o governador Robinson Faria, que acompanhou o bloco num trecho da Rua Mossoró acompanhado da mulher e filhos.
Durante o trajeto, chegou a notícia das chuvas em Caicó e no Seridó, pra explosão da galera.
Caiu até uns pingos na multidão que acompanhou o Magão ontem em Natal, quase na chegada.
O recado foi dado aos foliões de Natal e do Rio Grande do Norte: Carnaval 2017 é em Caicó, com o Bloco do Magão! 
O Bar de Ferreirinha acompanhou o passo do Frevo do Magão