domingo, 7 de março de 2010

Vereador perde eleição em jogo de cartas

A cidade de Cave Creek, no estado do Arizona (EUA), gosta de manter a tradição.
E, por isso, após o empate na eleição para uma cadeira para a Câmara de Vereadores, a vaga foi decidida em um jogo de cartas, segundo o jornal "New York Times".
Adam Trenk, de 25 anos, ficou com a vaga na Câmara Municipal de Cave Creek, após tirar um rei de copas, enquanto seu adversário, Thomas McGuire, de 64, conseguiu um seis de copas.
O juiz George Preston foi o responsável por embaralhar o baralho seis vezes.
A cidade de Cave Creek, que tem por volta de 5 mil habitantes, não tinha conseguido definir um vencedor entre Trenk e McGuire no pleito tradicional.
Depois de uma recontagem, cada um recebeu 660 votos.
Por isso, a cidade optou pela tradição para escolher o futuro vereador.
Segundo o "New York Times", a constituição do estado permite que uma eleição seja decidida em um jogo de azar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário